segunda-feira, 20 de maio de 2013

Aos que ficam


Me vou como vim, seguindo buscando.
Aos que ficam lhes deixo um mundo
que não foi meu nem será seu.
Cuidem dele pois ele não lhes cuidará.
Atentem-se uns aos outros sabendo
que seguem todos ensimesmados. 
Abram seus corações
Exponham seus espíritos
enquanto encontram portas fechadas
enquanto abandonam a fé.
Aos que ficam lhes peço
Que façam da busca
seu fim primeiro e último.
Não se deixem cair em inação.
E mexam-se
não pelo destino adiante, inconcreto
tampouco pelo ponto de partida, inconsciente
mas tão apenas pelo movimento em si.
Aos que ficam lhes peço
que criem a trama
e deixem estar o desenlace.

Nenhum comentário: